De São Paulo para Porto Velho, Barilari acompanha a evolução da obra

Sérgio Barilari Marques
Sérgio Barilari Marques

“Cuiabano prudentino”, assim se define o Analista de Planejamento e Controle da Santo Antônio Energia, Sérgio Barilari Marques, ou Serginho Barilari, como os colegas o chamam. Ele nasceu em Cuiabá – MT, mas foi criado em Presidente Prudente, no interior paulista. “Eu só nasci em Cuiabá. Meu pai era bancário e rodava muito. Fui criado em ‘Prudente’ e me considero de lá”.

Formado em Ciências da Computação, Serginho chegou a Porto Velho em outubro de 2008, um mês após o início da construção da Hidrelétrica Santo Antônio. Veio juntamente com outros colegas que trabalharam na construção da UHE Peixe Angical, em Gurupi – TO. Na Santo Antônio Energia trabalha na coordenação do controle de projetos e acompanhamento da evolução da construção, além de preparar todas as apresentações que são feitas pela Diretoria Técnica.

Casado e pai de dois filhos – um de seis e outra de três anos -, Sérgio está satisfeito com a cidade de Porto Velho. “Gosto muito das pessoas, são muito receptivas, mas tenho uma certa crítica à falta de infraestrutura. As autoridades tiveram oportunidade de melhorar a cidade e não fizeram. Mas Porto Velho me deu as duas coisas mais lindas que tenho na vida: meus dois filhos nasceram aqui! ”​

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *