Estudantes conhecem o Cetas

Estudantes de Veterinária, Ciências Biológicas e Zoologia da Fimca (Faculdades Integradas Aparício Carvalho) e da Unir (Universidade Federal de Rondônia) conheceram o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), ampliando os conhecimentos adquiridos em sala de aula.

Aproximadamente 100 estudantes participaram das visitas que foram realizadas em dois dias. “Sair da sala de aula e participar dessas atividades em campo é muito positivo porque os estímulos aumentam. Os alunos podem ver os animais mais de perto, de forma detalhada, observando também seu comportamento”, declarou a professora da área de Zoologia da Unir, Mariluce Rezende. O estudante do sétimo período de Veterinária da Fimca, Eliakim Cruz, disse que foi a primeira vez que esteve em um Centro de Triagem de Animais Silvestres. “A visita foi muito boa porque nos permitiu complementar os aprendizados que temos em sala de aula. Estar aqui é diferente e mais enriquecedor”, declarou. O estudante do primeiro período de Veterinária da Fimca, Leandro da Silva, também aprovou a visita. “Nunca tinha visto uma estrutura parecida com esta do Cetas. A visita contribuiu para meus conhecimentos”.

O Cetas foi construído pela Santo Antônio Energia em 2009, nas dependências do campus da Unir, para receber animais que necessitavam de cuidados veterinários, resgatados na área da hidrelétrica e do reservatório, para que depois retornassem à natureza. Hoje, praticamente todos os animais que estão no local são provenientes de apreensões do Ibama.

O Cetas não é um zoológico e não está aberto à visitação, justamente para evitar o estresse dos animais no contato com as pessoas ou a proliferação de doenças, já que o intuito é devolvê-los à natureza. Porém, uma vez por ano, durante a Semana do Meio Ambiente,  a Santo Antônio Energia realiza as visitas com os estudantes para que possam enriquecer os conhecimentos adquiridos em sala de aula

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *