Hidrelétrica Santo Antônio participa de Congresso de Limnologia

A Santo Antônio Energia participa esta semana do XVII Congresso Brasileiro de Limnologia que está sendo realizado em Florianópolis, capital de Santa Catarina.

A empresa participa do evento divulgando para a comunidade científica os trabalhos de monitoramento da qualidade da água do rio Madeira que são realizados pela hidrelétrica desde 2009, ainda na época de construção da usina, e que seguirão por toda a vida útil do reservatório. O monitoramento é feito em um trecho de 300 quilômetros que compreende todo o reservatório do empreendimento até o lago do Cuniã no baixo rio Madeira, onde são estudados os níveis de oxigênio, pH (acidez), turbidez, condutividade elétrica, temperatura, metais, nutrientes, coliformes. Os estudos incluem ainda o monitoramento da comunidade biológica do rio, ou seja, os plânctons, que são organismos aquáticos microscópicos que flutuam, como por exemplo as microalgas .

Nestes dez anos, os monitoramentos não registraram nenhuma alteração que comprometa a qualidade da água do rio Madeira. “Estes estudos são importantes porque garantem o perfeito funcionamento do ecossistema aquático, bem como os múltiplos usos da água do rio. Mostrar isso para a comunidade científica de todo o Brasil contribui para o entendimento sobre a dinâmica do ecossistema amazônico na formação do reservatório da Hidrelétrica Santo Antônio”, explica o biólogo da Santo Antônio Energia, Dario Pires.

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *