Hidrelétrica Santo Antônio trata todo esgoto produzido

Após o tratamento do esgoto, que é feito na Estação de Tratamento de Esgoto da própria hidrelétrica, é feita a análise do material que só depois retorna, descontaminado, para o meio ambiente
Após o tratamento do esgoto, que é feito na Estação de Tratamento de Esgoto da própria hidrelétrica, é feita a análise do material que só depois retorna, descontaminado, para o meio ambiente

A água é um bem não renovável e, mesmo na Amazônia, há períodos em que ocorre escassez. Consciente de sua responsabilidade, a Hidrelétrica Santo Antônio recolhe e trata todo o esgoto e águas servidas produzidos na usina. O tratamento é realizado nas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) da própria hidrelétrica e somente após análise criteriosa retorna descontaminada para o meio ambiente.

Quem explica é Rozângela Leque Bezerra, coordenadora de Meio Ambiente da Santo Antônio Energia. Segundo ela, “no Núcleo Administrativo da Hidrelétrica Santo Antônio os dejetos são coletados e levados para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) através de gravidade – o que economiza energia elétrica e o uso de bombas. Na estação os materiais sólidos e líquidos são separados até chegarem na última parte em que a água bruta resultante de todo o processo evapora ou infiltra no solo”.

Os resíduos sólidos retidos nas grades de separação são retirados e destinados ao aterro sanitário onde farão parte da compostagem a ser usada como substrato no replantio de áreas degradadas.

 

Água tratada

Já a água utilizada na hidrelétrica é captada do rio Madeira e purificada em Estações de Tratamento de Água (ETAs) para consumo humano e também para uso industrial.

O Núcleo Administrativo é atendido por uma Estação com a capacidade de tratamento de 20 m³ por hora. Também existem Estações de Tratamento de Água próprias e menores nas Casas de Força.

O tratamento da água se dá através de coagulação (aplicação de produtos para agrupar as partículas em suspensão), decantação (quando os flocos de partículas vão para o fundo do recipiente por força da gravidade), filtração (a água é forçada a passar por filtros especiais para eliminação de impurezas menores restantes), depois é feita a desinfecção e a correção de acidez (pH), só então sendo destinada.

No laboratório instalado na ETA é feito o controle permanente da qualidade da água potável utilizada na Hidrelétrica Santo Antônio.

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *