Mais de 500 equipamentos monitoram barragem da Hidrelétrica Santo Antônio

Instrumentos distribuídos por toda a usina detectam quaisquer alterações na sua estrutura

Considerada uma das mais seguras do país, a barragem da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no Rio Madeira, a sete quilômetros de Porto Velho (RO), possui diversos tipos de instrumentos para o monitoramento de sua estrutura. Ao todo, são 526 equipamentos que detectam quaisquer alterações que poderiam  gerar vazamento. A quantidade e o tipo de instrumentação foram definidos durante a elaboração do projeto da usina, de acordo com normas e requisitos técnicos.

Além disso, uma equipe de topógrafos, engenheiros, técnicos de instrumentação e auxiliares realizam periodicamente a leitura e as medições de todos os aparelhos. As informações são analisadas por uma consultoria externa, que avalia e interpreta os dados coletados pela equipe da Hidrelétrica Santo Antônio. Com essas informações, é gerado um relatório sobre o comportamento dos instrumentos nas estruturas da usina, que encaminha o documento aos órgãos competentes, como a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Por possuir alta tecnologia, desde sua construção até os dias atuais, nunca foi registrada qualquer anormalidade que comprometesse a segurança da barragem. A sua estrutura foi concebida, observando todos os requisitos da legislação técnica vigente e, inclusive, foi dimensionada para suportar eventuais abalos sísmicos regulares na região Norte. A quantidade de concreto e aço usado na construção da usina seriam suficientes para erguer 40 estádios do Maracanã e 18 Torres Eiffel.

Os trabalhos de medição nos mais de 500 equipamentos que monitoram a barragem da Hidrelétrica Santo Antônio.
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *