Monitoramento na ‘escada de peixes’ em tempo real

DSCN2147-STP

A área de Sustentabilidade da Hidrelétrica Santo Antônio deu início a uma nova abordagem de monitoramento no Sistema de Transposição de Peixes – STP, em complemento ao monitoramento de coleta e captura já realizado. A atividade conta com o uso da tecnologia de ponta que permite fazer vídeos e enxergar o que acontece dentro do canal. Os técnicos utilizam um sistema equipado com um sonar, que faz uma varredura de baixa e de alta frequência, possibilitando a verificação em tempo real a atividade de movimentação de cardumes, estruturas submersas do sistema e das variáveis da temperatura e oxigenação da água.

 

O monitoramento possibilita saber a quantidade da população de peixes contida em um segmento específico do STP, além de avaliar a eficácia do sistema artificialmente construído para a transposição de peixes na hidrelétrica. O trabalho conta com a participação de quatro técnicos da Venturo Consultoria Ambiental, empresa contratada para prestar serviço pelo período de dois anos, que são acompanhados por um analista socioambiental da área de Sustentabilidade de nossa empresa.

 

“O monitoramento por vídeo da ictiofauna no STP é importante para potencializar a utilização e a operação do sistema, fornecendo dados para a avaliação da sua efetividade e eficiência facilitando o dimensionamento e a definição das ações a serem implantadas”, avalia a nossa colega Ivonete Gomes, analista socioambiental na empresa que acompanha os trabalhos.

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *