Neto de Rondon conhece a Hidrelétrica Santo Antônio

Coronel Rondon (1)
Neto do Marechal Cândido Rondon, coronel Antônio Lara Rondon

A Hidrelétrica Santo Antônio recebeu a visita do neto do Marechal Rondon. O coronel Antônio Lara Meireles Rondon, de 65 anos, esteve em Porto Velho para a abertura da exposição permanente “Rondon, o Marechal da Paz”, que está sendo realizada na estrutura construída pela Santo Antônio Energia no entorno da capela de Santo Antônio, e aproveitou a ocasião para conhecer a hidrelétrica.

 

Ele viu de perto os grupos geradores, se impressionou com o Sistema de Transposição de Peixes, que é o canal por onde os peixes ultrapassam a barragem da hidrelétrica na época da piracema, e se impressionou com a grandiosidade do empreendimento que já possui 34 turbinas, do total de 50,  em operação comercial. “Há muito tempo queria conhecer a hidrelétrica e gostei muito de tudo o que vi porque com o tipo de turbina usado é possível gerar muita energia com baixo impacto ambiental”, ressaltou.

 

Coronel Rondon é filho de Benjamim Rondon, um dos sete filhos do militar e sertanista Marechal Rondon, responsável pela construção da linha telegráfica que ligava Cuiabá a Santo Antônio do Madeira, em 1915, onde mais tarde se tornaria a cidade de Porto Velho. A visita do neto de Rondon à hidrelétrica agora em 2015 tem significado especial já que o marechal completaria 150 anos.

 

A exposição “Rondon, o Marechal da Paz” conta a vida do sertanista com projeção de documentários, fotos raras, textos e objetos usados por ele que somam mais de 400 itens. Um dos destaques é a reprodução do último posto telegráfico construído pelo marechal. A exposição é permanente e está aberta ao público de terça a domingo, das 10h às 16h, no Centro Cultural Indígena e Memorial Rondon localizado no entorno da capela de Santo Antônio. A entrada é gratuita.

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *