Pesquisas realizadas pela Santo Antônio Energia no rio Madeira são compartilhadas com estudantes de Porto Velho

O Programa de Monitoramento da Qualidade da Água do rio Madeira e de seus afluentes, realizado pela Santo Antônio Energia desde 2009, deu origem a um documentário produzido pela empresa, que está sendo apresentado nas universidades de Porto Velho. O objetivo é compartilhar o conhecimento adquirido pela concessionária com os estudantes, possibilitando aprendizado e reflexão sobre as ações desenvolvidas.

Esta semana, o documentário foi apresentado para estudantes de Biologia da Fimca (Faculdades Integradas Aparício Carvalho) que, depois de assistirem ao vídeo, esclareceram dúvidas com o biólogo da Santo Antônio Energia, Dario Pires, que é doutor em Biofísica Ambiental.

A professora de Botânica da Fimca, Priscilla Prestes, aprovou a iniciativa. “Muitas metodologias que explicamos em sala de aula puderam ser vistas no documentário. Está sendo muito enriquecedor este compartilhamento de conhecimento ”, salientou,

O Monitoramento da Qualidade da Água é feito em um trecho de 300 quilômetros, do reservatório da hidrelétrica até o lago do Cuniã, com a mediação dos níveis de oxigênio, ph (acidez), turbidez, condutividade elétrica, temperatura, metais, nutrientes, coliformes e as comunidades de fitoplâncton e zooplâncton, que são pequenas algas e crustáceos, respectivamente. Desde a implantação da hidrelétrica, os estudos não constataram nenhuma alteração que comprometa a qualidade da água do rio Madeira. O monitoramento continuará a ser realizado por toda a vida útil do reservatório.

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Share On Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *